Organização financeira e emagrecimento, o que tem a ver?

Você pode achar que esses assuntos não têm muito a ver, não é?! Mas para a nossa surpresa: eles têm sim! Da mesma forma que você não tem noção do que ingeri, provavelmente não tem noção de quanto gastar também. É preciso, equilíbrio entre as vidas pessoal (saúde) e financeira. .Por isso, o objetivo desse texto é ajudar todas as pessoas que têm dificuldades de organizar sua vida financeira e também a perda de peso.

Desorganização nas finanças irá impactar seus hábitos alimentares significativamente, pois a maioria das pessoas usam a comida como válvula de escape para suas emoções, está triste come, esta alegre come para comemorar, está ansiosa como para passar o tempo, teve um dia ruim como para se sentir melhor e por aí vai. Tudo isso irá contribuir para que você aumente alguns quilinhos na balança.

E é muito comum a busca por fórmulas mágicas para melhorar as finanças, mas se esquecem de que muitas vezes levaram anos para se endividar, assim como o emagrecimento, não se perde peso de uma hora pra outra repentinamente. O primeiro passo tanto nas finanças quanto na perda de peso é fazer o diagnóstico da situação atual. Depois, com determinação, foco e disciplina, passar a agir para atingir os resultados. Por isso é importante que você faça uma planilha detalhada de tudo que come e de tudo o que gasta. Depois de ter essa noção fica mais fácil identificar onde estamos pecando, tanto na nossa alimentação como nas nossas finanças.

“Evite comprar coisas supérfluas e faça escolhas inteligentes dos alimentos, são algumas formas de manter o equilíbrio financeiro. ”

Como manter a dieta sem comprometer o orçamento mensal

  • · Elabore suas compras semanalmente e compre apenas o que consta no planejamento alimentar da semana.
  • · Faça pesquisa de preços para saber onde está mais barato os produtos que está procurando. Quais os dias que tem promoção nos mercados, onde e quando terá feiras livres.
  • · Em nenhum momento faça suas compras com fome! Só vá ao mercado ou feira depois de listar os alimentos que são mais saudáveis para a sua dieta.
  • · Evite dispor em casa aqueles alimentos que não irão agregar a sua dieta.
  • · Construa uma lista com tudo que você tem na despensa, anote o produto e data de validade. Dessa forma você consegue saber o que terá que comprar na próxima compra e evitar que produtos vençam antes de consumi-los.
  • · Nos armários organize os produtos antigos na frente e o que acabou de entrar atrás de acordo com a data de vencimento de cada um deles.
  • · Se você tem crianças coloque aqueles produtos como bolachas e doces, fora do seu campo de visão. Dessa forma a tentação será menor.
  • · Procure deixar alimentos preparados na geladeira ou freezer que serão consumidos naquela semana, assim você não corre o risco de chegar em casa e comer besteiras, já que a sua alimentação estará pronta.

“Acredito que temos que viver com certas regras, e o dinheiro é o meio de troca de bens e serviços que precisamos todos os dias. Se você entender primeiramente isso, vai corrigir sua atitude em relação ao dinheiro e, essa maneira, quando ele chegar em suas mãos, inconscientemente você vai desenvolver uma relação saudável com ele. ” (PAUCAR, Paulo. Pag. 50) Livro: Mentalidade Blinde a sua mente para encher o seu bolso

Assim como emagrecer não acontece de o dia para noite, organizar suas finanças também não vai acontecer, exige dedicação, planejamento e foco. Estipule metas de curto, médio e longo prazo, trace planos para cumprir as metas, aprenda que menos e mais, dedique um tempo para rever suas metas e conquistas.

Priorize sempre cultivar hábitos saudáveis que contribuirão para o seu bem-estar físico, mental e financeira. Procure sempre manter uma rotina tanto alimentar quanto financeira. Busque estratégias simples, rápidas e barata para continuar focado. Afinal, consumir hoje, amanhã e sempre de forma contínua, sustentável e consciente é um desafio proposto que, com disciplina, você poderá atingir. No fim verá que valerá apena ter passado por esse processo de transformação, tanto físico, alimentar e financeira.

“Tudo depende de escolha e de qual prioridade vamos dá a ela! “

Você sabia!

Se fizermos um balanço das nossas despesas podemos reduzir até 20% desses gastos.

Aqui vão alguns passos para organizar suas finanças e emagrecer seus gastos:

  • · 1º passo: Anote tudo que gasta desde a balinha até o aluguel, padaria e restaurantes, absolutamente tudo que gastar, não importa o valor.
  • · 2º passo: agora que você já sabe com o que está gastando seu dinheiro é hora de passar para uma planilha, pode ser um caderno ou um aplicativo, desde que você consiga organizar suas despesas.
  • · 3º passo: agora é hora de rever seus gastos e identificar onde poderá economizar, atitudes simples irão fazer grandes diferenças no final do mês. Por exemplo: gastos básicos como agua e luz (desligar o chuveiro quando estiver se ensaboando, apagar as luzes dos cômodos onde não tem ninguém), restaurantes (limitar a uma vez ao mês).

Aprenda também a como ter uma vida financeira organizada com meu e-book “Por que algumas pessoas têm uma vida financeira equilibrada e outras não?”: baixe clicando aqui!

Facebook Comments

Deixe um comentário